Aniversário, festa junina e mais

Aniversário, festa junina e mais

Juro que tenho trabalho para terminar hoje, mas é meu aniversário e, mesmo em uma pandemia, queria fazer um bolinho para mim…

Eu acho que mereço.

E sendo meu aniversário, mereço algo docinho para tirar o amargor.

Mesmo sabendo que há muitas pessoas que ainda me amam, que pensam em mim, e me lembram, sinto falta daqueles meus que se foram.

Meu aniversário e os dias próximos me fazem lembrar muito deles.

Minha irmã, meus pais, meu irmão, minha tia…

Às vezes acredito que isso é o que me resta.

Lembranças melancólicas.

Talvez seja o isolamento social falando mais alto, mas não consigo tirar de mim a sensação de inutilidade diante de tantos que precisam de ajuda.

Como se quisesse consolar, mas não ter mais a capacidade de fazer isso.

Mas, acordei, estou respirando. Isso deve ter algum propósito. Só não sei qual…

Lembrei hoje que no próximo domingo será dia de Santo Antônio, a primeira das grandes festas juninas.

E, mais uma vez, não sinto aquele cheiro gostoso do mês de junho, o cheiro da quermesse, das fogueiras.

Isso me deixa muito triste, mas vou começar a pedir a Santo Antônio, uma semana antes, e, talvez, eu alcance alguma graça.

Santo Antônio, rogai por nós e nos livre da pandemia

Rogai por nós e tire as pessoas da miséria.

Santo Antônio, rogai por nós e não nos deixe faltar o pão de cada dia.

Rogai por nós e faça essas pessoas caírem na real.

Santo Antônio, rogai por nós e peça a Deus para nos afastar de todo o mal.

Prometo que ano que vem irei à bênção dos pães e que comigo estejam muitos.

E nada mais irá faltar, especialmente a fé de que tudo vai melhorar.

Santo Antônio, rogai por nós e nos ajude a sermos pessoas melhores.

Finalmente, eu sei que estamos ainda vivendo um momento de pandemia e peço a vocês todo o cuidado.

Não é hora de aglomerar.

Muito menos tirar a máscara.

Não é hora de relaxar.

Todos nós precisamos aprender que somos responsáveis por tudo o que fazemos.

Eu ia passar a receita do bolo que fiz hoje, mas vou deixar para outro dia.

Assim eu crio vergonha e escrevo mais.

E Viva Santo Antônio!

, ,