Arrume um motivo e plante uma horta

Arrume um motivo e plante uma horta

Como as hortas caseiras e comunitárias estão mudando tudo!

Hortas em pequenos espaços vêm ganhando adeptos há muito tempo. O movimento começou em grandes metrópoles mundiais, transformando lajes fora de atividade em telhados verdes. Isso, além de mudar o cinza das cidades, trouxe mais pureza para o ar urbano e mais saúde para pessoas que resolveram plantar suas hortaliças.

Em Londres, por exemplo, o hábito de plantar onde tiver um pequeno espaço, vem desde o fim dos anos 1980, com lotes vazios transformados em hortas comunitárias, com tarefas e produção compartilhadas. Mais recentemente, a disseminação de informação e a troca de experiência nas redes sociais, além do comprometimento de alguns grupos em repassar e trocar informações ampliaram o fenômeno, que ganhou ainda mais força com a moda das marmitas “verdes”, empresas que fazem comida e que utilizam apenas produtos dessas hortas comunitárias.

Horta urbana é mais que um vasinho de manjericão na janela

De acordo com diversos especialistas, é possível manter um manejo mais saudável em uma horta caseira, sem uso de insumos químicos comuns na agricultura tradicional. Basta escolher plantas que têm afinidade uma com a outra, aquelas que afastam pragas e, claro, as verduras e legumes que mais se gosta de comer. O resultado são alimentos mais frescos e um acesso maior aos nutrientes.

O supermercado facilitou o acesso aos produtos, mas o que plantamos sempre será mais saudável

Além do ganho com uma alimentação mais saudável, as hortas caseiras, comunitárias têm benefícios indiretos. Quando plantamos o que comemos estamos diminuindo a emissão de poluentes com o transporte de alimentos; as hortas caseiras são ainda uma ótima maneira de reciclar, como na reutilização de garrafas PET, colocadas de pé ou deitadas, em função do modo como cresce a raiz da planta, ou o plantio cercado de pneus. E o maior benefício, é a tranquilidade que o ato de plantar traz a quem o pratica. É comprovado que cultivar uma horta ou jardim reduz sintomas de melancolia e depressão.

 

Portanto, arrume um espaço. Escolha o que deseja plantar, vá à internet e pesquise a melhor forma de fazer uma horta e faça! Se no seu bairro há um terreno baldio, daqueles que as pessoas jogam de tudo, reúna seus vizinhos e transforme numa horta comunitária. Isso vai ajudar também a socializar e transformar as cidades.