As raivas que passamos podem virar “Raivinhas”

As raivas que passamos podem virar “Raivinhas”

Uma receita para esquecer de tudo e se deliciar!

Essa semana foi muito chatinha.
Descobri que não basta se cadastrar em um portal de Micro Empreendedor Individual (o famoso MEI) para ter uma “empresa”.
Tive que lidar com mais burocracias do que se possa imaginar.
Não vou reclamar porque muitas pessoas (algumas que nem conheço) tentaram me ajudar a ultrapassar as barreiras que os órgãos públicos adoram colocar no caminho do empreendedor.
Esses órgãos públicos, todos eles da prefeitura de Diadema (sim vou dizer!), ao invés de fornecer meios de resolver os trâmites, colocam atendentes que mal sabem o que estão fazendo na vida.

O que me leva a questionar sobre o porquê estarmos gastando dinheiro com um atendimento que não nos atende.

Mas essa foi apenas uma das raivas que passei.
Não se preocupem.
Vou poupar vocês de todos os tropeços (e foram vários), esperando que esta semana que começa seja melhor.
Que eu consiga resolver minhas pendências e vocês as suas.
E que esta receita bacana, dada pelo meu amigo Paulo Gaefke consiga transformar as raivas em “raivinhas”.
Dessas que a gente come e esquece de tudo!

Ingredientes

Um quilo de goma de mandioca (polvilho azedo)
½ quilo de açúcar
250 g de manteiga
Uma xícara (chá) de leite de coco fresco
Quatro gemas
Uma pitada de sal
Margarina e farinha de trigo para untar

Modo de preparo

Primeiramente, bata a manteiga como açúcar em um recipiente.
Junte as gemas e continue batendo até obter uma consistência lisa.
Acrescente, aos poucos, a goma e o leite de coco e mexa a massa comas mãos.
Faça bolinhas e pressione a superfície levemente comum garfo para decorar.
Disponha os biscoitos em forma untada com margarina e farinha de trigo e asse em forno a 180 °C por cerca de 20 minutos.
Aliás, rende cerca de 1 quilo.
Preparo fácil.