Bife à milanesa ao forno e os sabores da minha infância

Bife à milanesa ao forno e os sabores da minha infância

Quando eu era menina, minha mãe batalhava bastante e não apenas no emprego.
Afinal criar quatro filhos com suas particularidades não é coisa fácil.
Lembro que ela trabalhava na Coletoria em São Bernardo, em um cargo que nem existe mais.
A Secretaria da Fazenda mudou tudo em sua estrutura, e não para melhor, devo dizer.
Mas este artigo não é para falar nisso, nem só para passar uma receita.
Este é para lembrar dos dias em que minha mãe me pegava na escola e a gente almoçava em um pequeno restaurante ali na Marechal Deodoro.
Nem me lembro direito em que altura, mas devia ser no comecinho, porque a Coletoria ficava ali antes de ir para o final da avenida.
A gente chamava o restaurante de “Caiduro”, que, claro (!), não era o nome.
Nunca mais consegui lembrar o nome real, apenas a receita, anotada com a letra da minha mãe.
Era um bife à milanesa tão saboroso que ainda hoje faço e como com prazer.
Espero que vocês gostem!

Ingredientes

Seis bifes de alcatra ou coxão mole sem gorduras ou nervuras.
Farinha de rosca
Sal e pimenta do reino a gosto
Um dente de alho amassado
Um ovo ligeiramente batido com uma pitada de sal e salsinha picada incorporada

Preparação

Pré-aqueça o forno em temperatura alta (200 graus C).

Bata bem os bifes e tempere com o alho, o sal e a pimenta do reino.

Passe os bifes no ovo batido e depois na farinha de rosca.

Coloque numa assadeira bem untada e leve ao forno por 30 minutos, mais ou menos.

Depois de 15 minutos no forno e vire os bifes e deixe assim até o final do cozimento.

Dica:

Se você quiser, nos minutos finais do cozimento, coloque uma fatia de queijo prato sobre cada bife.

Pode enfeitar com duas rodelas de tomate e polvilhar com orégano.

É um parmegiana quase saudável!!  

Olha: Como não consegui resgatar nenhuma foto da Marechal Deodoro, vou postar só os bifes.

É proibido babar no computador!