Bolo chiffon porque preciso de algo doce e suave para tirar o amargo de mim

Bolo chiffon porque preciso de algo doce e suave para tirar o amargo de mim

O segredo do chiffon!

Para começar, vamos explicar para quem não sabe o que é um bolo chiffon.
Esse é um bolo muito leve, feito de óleo vegetal, ovos, açúcar, farinha, fermento e, se quiser, algo para dar um sabor (limão, laranja).
É uma combinação entre bolo amanteigado e bolo esponja.
Diferentemente da manteiga, comumente utilizada em bolos, é difícil aerar o óleo.
Por isso o bolo chiffon consegue uma textura fofa por bater as claras em neve, e adicionando-as à massa antes de assar.
Os altos teores de óleo e ovos criam um bolo muito úmido.
E como o óleo se mantém líquido a baixas temperaturas, essa receita não tende a endurecer como a dos outros bolos.
Sendo assim, o bolo chiffon é ideal para coberturas e recheios que necessitem de refrigeração, por isso é delicioso com sorvete.  
Mas (vou até fazer rima), o bolo chiffon é fácil e muito bom.
Então vamos fazer bolo porque a minha gripe chata está deixando minha boca amarga.

Ingredientes

135 g de farinha de trigo
uma colher de sopa de fermento químico
35 g de amido de milho
110 g de gemas
80 g de açúcar
100 ml de óleo de canola
100 ml de suco de limão
40 ml de água
Raspas finas de um limão
330 g de claras
uma pitada de sal
uma pitada de cremor tártaro (vai dar mais maciez ao bolo)
50 g de açúcar

Preparação

Antes de tudo, pré-aqueça o forno a 180ºC e separe uma fôrma de bolo com furo central, de 24 cm.
Peneire a farinha de trigo, o fermento, o amido e reserve.
Bata na batedeira as gemas com os 80 g de açúcar, até ficar claro e leve.
Acrescente o óleo, aos poucos, até criar uma emulsão (esse processo é parecido com o de fazer maionese).
Adicione então o suco de limão, a água, as raspas de limão e misture.
A seguir, coloque os ingredientes secos peneirados (de uma vez só) e bata por 1 minuto.

Aliás, pare de vez em quando para raspar as laterais.

Em outra tigela da batedeira, bata as claras com o sal e o cremor tártaro até que comecem a criar picos.
Então acrescente os 50 g de açúcar, aos poucos batendo mais um pouco.
Quando os picos estiverem ligeiramente firmes, pare de bater e comece a incorporar as claras à mistura de gemas.
Despeje a massa na fôrma e puxe um pouco da mistura para as paredes.
Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 50 minutos.
Retire do forno e desenforme com cuidado.
Então polvilhe açúcar de confeiteiro.