Castanha portuguesa: benefícios para todo o organismo

Castanha portuguesa: benefícios para todo o organismo

Saiba como esse fruto de Natal pode fazer bem o ano todo

Não vou negar que gosto do Natal.
Quem tem visto os artigos e receitas deve ter percebido isso.
E apesar de odiar esse calor infernal do verão brasileiro, não posso negar que essa é uma época em que certas coisas ficam em evidência.
É tempo das pessoas fazerem coisas legais umas para as outras.
Época de montar presépios e decorações.
Tempo de comer cerejas frescas e castanhas portuguesas cozidas.
Além do sabor suave desta castanha ela é o ingrediente principal de um doce que deveria voltar para nossas mesas bem depressa: o marrom glacê. (receita aqui).
Mas, antes, passemos aos benefícios!

Salve fruto da castanheira!

A castanha portuguesa é um fruto seco muito procurado no fim do ano, principalmente para as ceias de Natal e Ano Novo.
Seu período de comercialização no Brasil é de outubro a janeiro.
Por não conter glúten, essa oleaginosa atende ao grupo dos portadores da doença celíaca.
Talvez porque a farinha de castanha portuguesa é uma alternativa saudável em substituição ao trigo e outros farináceos.
A castanha portuguesa é um alimento saudável por ser uma boa fonte de nutrientes essenciais.
Também é fonte de energia, proteínas, fibras, vitaminas, minerais e tem baixo teor de gordura.
Mas é importante lembrar que o consumo deve ser moderado, como qualquer oleaginosa.

Propriedades da castanha portuguesa

O carboidrato presente na castanha é responsável por fornecer energia e agir sobre as funções do intestino.
Suas proteínas são de alto valor biológico por possuírem aminoácidos essenciais.
Seus aminoácidos não são produzidos pelo organismo, e precisam ser obtidos por meio da alimentação.
Castanhas portuguesas têm lipídios, ou seja, um alimento com baixo teor de gorduras, que auxilia no bom colesterol.
Elas têm fibras, responsáveis pelo aumento da viscosidade do conteúdo intestinal e ajudam essa função.

As vitaminas mais presentes na castanha portuguesa são a ‘E’ e a ‘C’.

A primeira age no organismo como agente antioxidante, combate os radicais livres e retarda o envelhecimento.
A segunda é importante na defesa do organismo contra infecções e fundamental na integridade das paredes dos vasos sanguíneos.
As castanhas têm uma quantidade significativa de ferro, que atua na síntese das células vermelhas do sangue e no transporte do oxigênio para todas as células do corpo.
Portanto, não pense duas vezes!
Neste Natal, coma castanhas portuguesas, e no ano novo também.
Ah! Essa castanha, por ser de digestão longa, ajuda a quem está se controlando para emagrecer.
,