Como um dente de leão ao vento

Como um dente de leão ao vento

Hoje resolvi escrever por mim antes de escrever pelos outros. Fase difícil.

Muito trabalho que não vira dinheiro em conta para pagar e viver.

Preciso escolher um dos dois.

Mas não vou reclamar, porque não quero vibrar o negativo…

Como se isso significasse alguma coisa.

Minha cabeça está pesada com tantas coisas.

Ainda estou sem emprego, mesmo que tenha me aplicado em tudo que aparece.

As palavras: muito velha, sem experiência, muita experiência, tente de novo, não param de aparecer nas respostas. Cansativo.

Como eu disse, tenho feito alguns poucos trabalhos, que dão pouco dinheiro.

Vale a pena? Qualquer trabalho vale.

É o que apareceu e eu sou grata por isso.

Pelo menos não estou enlouquecendo por qualquer coisa.

Tenho um blog que quase ninguém lê e precisaria ter um milhão de inscritos para conseguir mais monetização.

O Google é difícil! Vejo pessoas que tentam a sorte no YouTube, e até se dão bem.

Canais de milhões de inscritos, mas com seus criadores de conteúdos praticamente implorando os likes e os views quase em tempo real, senão não rola grana.

Mas minha cabeça não está cheia apenas com os problemas de falta de dinheiro.

A solidão acaba comigo e, neste momento, nunca me senti tão sozinha e tão inútil na vida.

Queria ajudar pessoas que amo, mas não consigo ajudar nem a mim mesma.

Alguns vão dizer: “deixa pra lá”. Só que eu não sou assim.

Penso o tempo todo nas pessoas que fizeram muito por mim sem esperar nada em troca.

Minha cabeça pesa por um país inteiro jogado na lixeira porque as pessoas só veem aquilo que lhes interessa.

Elas não conseguem ver o mal ali, bem ao lado.

Você acorda e vai olhar as notícias esperando que estejam melhores, mas o pesadelo não termina.

É cansativo e doloroso.

Mas, talvez, espero (!!), seja apenas um inferno astral, que dura 60 anos. Não sei.

Continuo procurando algo para comemorar. Apenas que eu ainda estou respirando…

Minha pergunta é, por que eu ainda estou respirando?

O esforço valerá a pena? Meu blog vai decolar ou vai ser igual a tudo na minha vida?

Bem, deixando de tonteiras, vamos postar esse desabafo e seguir na busca de clientes que precisem de uma redatora.

A imagem que vou colocar aqui é de um dente de leão sendo soprado.

Isso me lembra de uma pessoa que eu gostava demais e que já se foi.

Ao mesmo tempo, me faz pensar em como eu gostaria que minha cabeça fluísse, livre como um dente de leão ao vento.