Deixe de cometer erros bobos na hora de plantar sua horta em casa!

Deixe de cometer erros bobos na hora de plantar sua horta em casa!

Horta comunitária Jd. Padre Anchieta

Quem passa pelas minhas páginas já deve ter notado algumas coisas que me deixam mais feliz que outras. Como caminhadas perto de árvores e flores, receitas deliciosas de família, meu ofício de escrever e sim (!) hortas.

Sou uma defensora de hortas comunitárias que além de trazerem benefícios aos bairros, embelezam o mundo com seu verde e alimentam com mais saúde as pessoas. Falando nisso, 152 agrotóxicos liberados só me fazem pensar que essas pessoas que nos governam querem mesmo a nossa morte.

Mudando de assunto, vamos ao que me trouxe aqui: começar uma horta em casa. Quando começamos uma horta (ou qualquer outra coisa que nunca vimos), é normal cometer erros. Por mais que se pesquise ou se fale com quem já sabe, acabamos deslizando em algumas coisas que podem ou não ter solução.

Já plantei muita coisa que não vingou, do mesmo modo que já fiquei frustrada com lagartas comendo minhas folhas ou plantas que demoram uma vida para florescer ou frutificar. Hoje mesmo estava em um grupo explicando que você pode plantar alho, mas demora mais de ano para fazer alguma colheita e não é fácil. Aliás, alho é só se para aquelas pessoas que têm um tempão para cuidar.

Primeira lição: plantar requer amor e trabalho

Sei que há pessoas que têm mais facilidade que outras com plantas, como minha tia Marina e, parece, meu primo Pedro herdou. Mas todos têm afinidades com o verde e se nos esforçarmos ele nos recompensa. Muitas das minhas plantas vieram de mudas compradas na feira livre, já que moro em um grande centro urbano e não há muito espaço disponível.

Mas também moro em uma cidade onde há pessoas dispostas a plantar em espaços onde antes só havia mato e lixo jogado, além de prontas para colocar ao menos seus temperos em vasos e em vasilhas transformadas em floreiras, jardineiras etc. Tudo em nome de comer com saúde e embelezar um pouco nosso bairro, muito carente de árvores e plantas.

Mesmo que as condições no meu apartamento não sendo ideais, minhas plantas vingam. Não chega a ser uma horta, mas tenho alecrim, hortelã, salsa, manjericão quando preciso de temperos frescos. As hortaliças maiores vêm da horta comunitária, que é barata e sem venenos!

Segunda lição: o vaso ideal para sua planta

Sim! O tamanho do vaso importa. Você não pode plantar algo de raiz profunda num vaso de pouca fundura e em pouca terra, a não ser se você é o mestre dos bonsais. Um tomateiro (cereja), por exemplo, precisa de um mínimo de 60 cm de fundura para dar seus frutos.

Portanto, veja o tipo de planta que você quer cultivar e compre vasos adequados para elas.

E não se esqueça de que plantar em vaso é diferente de plantar no solo. No vaso não temos os nutrientes dos solos, como os sais minerais, ou os lençóis de água subterrâneos, portanto, em alguns casos, as regas têm que ser mais frequentes. Se o tempo está abafado como esses dias de início de outono, minhas plantas pedem regas diárias e “ai de mim se não molhar”.

Do mesmo modo as plantas de vaso pedem nutrientes que já estão no solo. Usar húmus de minhoca, cascas de ovos moídas, e regar o vaso (não muito perto do caule) com restos de leite e água são boas pedidas. O pó de café depois de coado e frio também serve como adubo.

Terceira lição: planejamento

Vou terminar esse pequeno artigo dizendo aos agricultores caseiros que precisa planejar o que se vai plantar, mas também precisa sair à busca daquilo que não é comum. Tenho em casa sementes que nunca plantei, pois descobri que não iriam para frente no meu pequeno espaço, e com o tempo estou repassando para o pessoal da horta comunitária. Afinal eu tenho uma varanda/área de serviço e não um terreno.

Faça uma lista do que você mais usa em casa. As ervas que usa para temperar, os legumes e verduras que consome e veja se é possível plantar no seu espaço. Não inclua plantas das quais você nem ouviu falar e nem experimentou.

Verifique quanto sol e água suas plantas precisam. Teste os adubos naturais. E pense que o tempo de plantar é diferente para as plantas. Mas, finalizando, nunca deixe de plantar. O esforço será recompensado.

 

 

,