Estão cometendo crimes

Estão cometendo crimes

Uns mais outros menos, mas o crime está aí

Este provavelmente será meu artigo de menor visibilidade, mas não me importo mais, porque tenho que fazer o que tenho a fazer.
E já não consigo mais me calar diante de tantos horrores e de tanta gente que precisa desembestar neste país.
Vou começar perguntando o que têm em comum esses fatos?
Rompimento da barreira da Samarco;
Execução da vereadora Marielle Franco;
Repressão ao protesto dos professores na Câmara de SP;
Crianças sem merenda nas escolas;
Natufibras vendendo “remédio para alcoolismo”;
Vou responder: todos são crimes.

Maiores ou menores, mas são crimes.

E essa lista poderia ficar gigante, mas eu não quero aqui tentar resolver (nem tenho competência para isso) esses problemas.  
Mas todos os que listei são, de um modo ou de outro, crimes que não sabemos se terão soluções.
Há crimes contra o ambiente, que nos afetam, mesmo que alguns cretinos digam que não.
Existem crimes contra a vida, e só hoje eu vi e ouvi barbaridades sobre o assunto;
Crimes contra o direito de uma pessoa protestar sobre suas condições de trabalho;
E, acreditem amigos, voltamos aos séculos XVIII e XIX e vamos colocar as crianças para minerar carvão de novo, se depender dos idiotas.
Sobre essa lista, quero afirmar que não há nada nela que me deixe mais ou menos indignada, porque tudo é ruim.
Assim como é ruim qualquer crime contra a mulher ou uma criança.
Porque é crime uma pessoa trabalhar e não ter um teto decente sobre a cabeça, comida na mesa, saúde educação.
É crime viver em um país onde os direitos são tratados como privilégios e eu quero a cabeça do chefe da gangue.

Pode ter certeza de que o chefe dos bandidos não mora na favela.

Vou terminar esse post explicando porque coloquei a empresa Natufibras aqui.
Alcoolismo é uma doença e é muito séria.
Vender um remédio que você pode misturar “no suco, no café, e até na bebida alcoólica” como CURA DO ALCOOLISMO é de uma falta de responsabilidade e de respeito sem limites!
Se fosse assim tão fácil, porque será que temos tantos centros de tratamento da doença?
Alcoolismo é uma doença crônica caracterizada pelo consumo incontrolável de álcool, condicionado pela dependência.
E destaco aqui o termo para dizer que isso é uma dependência química, que não se cura com o remédio que “não vende em farmácia”. 
Como em outras vezes que pedi para não acreditarem em tudo que está na internet, não acreditem também em tudo o que veem na TV.
E peço que os órgãos competentes, que liberam a venda de medicamentos (Atenção ANVISA!), parem de fazer vista grossa para o método natural que não vai curar ninguém.
Por favor!
Alguém neste país ainda deve ter vergonha na cara!

 

, ,