Feliz ano novo?

Feliz ano novo?

Para quem ainda não sabe, temos várias comemorações de ano novo, mesmo estando acostumados a virar a folhinha em 31 de dezembro.
Dia 11 terminou a comemoração do Rosh Hashaná (o ano novo judaico), cujo calendário está em 5779.
Povos diferentes, costumes diferentes, marcações de tempo diferentes.
Mas o que é o tempo senão uma invenção humana?
Um marco que define começo e fim.
Mas eu não comecei esse artigo pensando nisso e sim numa piada, cuja imagem vou colocar por aqui.
O mais interessante sobre essas comemorações de ano novo é entender que são marcos para se reiniciar algo, refazer, ou deixar tudo para trás e seguir adiante.
Eu estou nessa última.
Com vontade de mandar tudo para o espaço e sair fora.
Mas não tenho um controle remoto que me faça sair deste planeta e me leve além de tanta coisa ruim.
Porém, sabe como é, não dá para deixar tudo, porque não podemos jogar pessoas fora, sentimentos, nem nada.
O que resta é levantar, desejar feliz ano novo e seguir em frente.
E vamos lá que hoje não estou com vontade nem de preparar algo para comer…
Shanah Tova! (Algo como Feliz ano novo em hebraico)