Impossível acreditar no que o chá de Mulungu vai fazer por você

Impossível acreditar no que o chá de Mulungu vai fazer por você

Saiba tudo sobre essa erva que vai acalmar seus nervos!

Sei que vai ter muita gente aí dizendo: “é o que”?

Foi a minha pergunta há uns tempos, quando um amigo me falou sobre chá de mulungu.

Eu não sabia o que era, nem que cara ou gosto tinha, mas andava muito nervosa e deprimida, e esse meu amigo recomendou.

Mas como sou desconfiada de nascença, fui pesquisar o que era o tal do mulungu.

Minha pesquisa não se limitou à internet, mas em livros e revistas, além, é claro, do meu médico.

Para começar, o mulungu é uma árvore linda, com flores em tons de coral alaranjadas.

Essa árvore cresce nas regiões centrais do Brasil.

A árvore, cujo nome científico é Erythrina mulungu tem casca com diversas propriedades.

Normalmente usamos em chás e tratamentos diversos.

Ela tem o nome popular de bico de papagaio, canivete e corticeira.

Em farmácias e lojas de produtos naturais é possível encontrar o mulungu já seco.

Compramos já pronto para o preparo do chá.

Suas propriedades promovem o relaxamento do sistema nervoso.

Isso ocasiona um incrível senso de bem-estar e diminui os sintomas da depressão leve.

O chá de mulungu deve ser ingerido em dosagens equilibradas e sem exagero.

Aliás, saibam que pode causar muita sonolência a até mesmo piorar a depressão.

O mulungu é bastante eficiente no tratamento de problemas relacionados ao estresse.

O chá desta planta é famoso por auxiliar no equilíbrio do sistema nervoso central.

Isso ajuda com doenças como ansiedade, depressão, estresse e pânico.

Mas também ajuda com hipertensão, insônia, infecções bacterianas, febre e insuficiência urinária, entre outros.

Além das propriedades calmantes do Mulungu, serve ainda como analgésico, antibacteriana; e anti-inflamatória.

Para fazer um bom chá de mulungu, basta colocar uma colher das de sopa das cascas da planta para ferver em cerca de meio litro de água.

Quando levantar fervura, desligue o fogo e abafe para absorver.

Tome ainda morno, umas três vezes ao dia, mas não mais do que três dias seguidos.

 

 

Não deixe de procurar um médico antes de tomar o chá. É como um medicamento: não use sem o conhecimento de um especialista.

 

,