Pavlova de frutas

Pavlova de frutas

Uma sobremesa clássica da Oceania e que é superfácil de fazer!

Duas informações não confirmadas cercam esse doce delicioso.
A primeira é que o nome, Pavlova, é em homenagem a Anna Pavlova.
Considerada a melhor bailarina da história, ela era tão leve quanto a sobremesa em questão.
A segunda questão é sobre o local de origem.
Uns dizem que nasceu na Austrália, outros dizem Nova Zelândia.
Para não dar briga resolvi colocar a Oceania como origem, e os países de lá que se entendam.
A receita, confesso, copiei do Masterchef Austrália (o melhor de todos!).
Mas não usei as frutas que eles estão acostumados a ter, e dei uma simplificada. Deliciem-se!

Ingredientes

Para a base:

8 claras em neve
400 g de açúcar (refinado)
1 colher de sopa de amido de milho
2 colheres de chá de vinagre branco

Para a cobertura :

500 ml de creme de leite fresco
3 colheres de sopa de açúcar refinado
Frutas frescas picadas (uva, cereja, morango, pêssego, ou as frutas que mais gostar)
3 colheres de sopa de mel (ou melado de cana para quem, como eu, é alérgico)
Raspas de chocolate (para decorar)

Preparação

Pré-aqueça o forno a 180º C. Coloque uma folha de papel vegetal sobre um tabuleiro.
Bata as claras em ponto de neve. Acrescente o açúcar e bata até o açúcar se dissolver.
Fora da batedeira acrescente o amido de milho e o vinagre e misture com uma espátula.
Espalhe o merengue sobre a folha de papel vegetal formando um círculo.
Asse por uma hora com o forno entreaberto (coloque uma colher de pau na porta do forno).
Desligue o forno e deixe o merengue esfriar completamente lá dentro.
Bata o creme de leite até o ponto de chantili e acrescente o açúcar.
Espalhe sobre o merengue já frio.
Arrume as frutas por cima, regue com o melado e decore com as raspas de chocolate.

 

,