Que venham as chuvas

Que venham as chuvas

Só para deixar claro: gosto de todas as estações do ano.

Mas esse calor sem chuva que anda por aqui é para deixar qualquer um de mau humor.

Antes de tudo, não se dorme direito (a menos que tenha o privilégio de um ar condicionado).

O suor escorre de partes do corpo inalcançáveis quando estamos em público.

Aliás, na minha cidade, uma falta de árvores deixa o ar com gosto de asfalto particulado.

Falarei hoje sobre um pouco do meu dia a dia.

Caminhar pela manhã, de preferência em locais onde haja árvores, pássaros livres (como tem que ser).

Algumas amoreiras e pitangueiras com frutinhas para beliscar enquanto ando.

E, pelo amor de Deus (!), um sol menos inclemente do que este que tem feito.

Ontem, depois de uma semana, choveu em Piraporinha.

Então estou feliz porque o ar fica mais leve e limpo.

Vou adorar caminhar amanhã cedo, porque o lugar aonde eu vou tem plantas lindas por todo o percurso.

Por causa disso tem uns quatro graus menos do que meu bairro, o que alivia bastante a respiração enquanto caminho.

Mesmo com máscaras!

As sombras das árvores ajudam o caminhante

Tudo faz diferença na natureza.

Desde o desmatamento na Amazônia, a destruição do Pantanal e do Cerrado, o lixo que jogamos impunemente em qualquer lugar.

Então: esse lixo acaba nos rios e mares.

Sabe aquelas plantas e árvores dos córregos?

Isso se chama “mata ciliar”.

A retirada de mata ciliar dos córregos (mesmo os das cidades) e  a retirada das árvores das ruas e avenidas.

Tudo afeta o clima.

Este é o verão mais quente em muitos anos e podemos culpar os El Niños ou as La Niñas da vida.

Mas o microssistema é afetado por nosso descaso com tudo.

Comentei esses dias em um grupo, que tenho notado a diminuição do ciclo de chuvas na cidade onde vivo.

Várias pessoas reportaram também o problema.

É claro que o problema somos nós.

Porque pensamos que podemos tirar as plantas do lugar e asfaltar tudo porque não faz a menor diferença. Faz sim.

Tentei fotografas as maritacas, mas elas estavam se exibindo

Em tempo: as fotos que acompanham são parte do meu percurso.

Aqui também cliquei uma das minhas roseiras, que agradeceu a chuva abrindo essa linda flor!

Com a chuva, mesmo que mansa, talvez eu consiga uma boa noite de sono.

Amanhã vou caminhar bem cedo, porque o sol voltará e, espero, trazendo mais chuva no final do dia.

Minhas plantas agradecerão muito!

, , ,