Categorias
Santa Rita de Cássia

Santa Rita de Cássia, padroeira dos impossíveis, rogai por nós!

Hoje acordei pensando em postar um monte de coisas, mas, logo cedo, percebi que hoje é dia de Santa Rita. Pensei muito antes de fazer uma pesquisa e escrever esse post, porque minha mãe era devota dela, mesmo que eu não seja “de Cássia”. Mas pensei que este momento difícil, onde somos vencidos por vírus mortais, violência e mentira, Santa Rita precisa ser invocada para nos ajudar.

Tudo na vida dessa santa foi dificuldade e superação. Seu primeiro milagre foi a conversão de um marido violento. Depois de perder o marido e os filhos, a santa manifestou a vontade de ingressar no mosteiro das irmãs Agostinianas, mas isso lhe foi negado pois só aceitavam jovens solteiras. Ainda assim, começou a cuidar de doentes de lepra e a curar enfermos.

O segundo milagre aconteceu quando uma noite, ouvindo vozes chamando seu nome seguiu pelas ruas em êxtase andando atrás de seus santos de devoção (Santo Agostinho, São Nicolau e São João Batista), e quando acordou, estava dentro do mosteiro, e as portas trancadas. Então as freiras não lhe puderam negar a entrada. Rita viveu ali por quarenta anos.

Outros milagres se seguiram como da rosa que nasceu em meio à neve, ou dos sinos que tocaram sozinhos na hora de sua morte enquanto, enquanto um perfume suavíssimo se espalhou por todo o Mosteiro e do seu quarto viram uma luz luminosa como o Sol brilhasse à noite. Era o dia 22 de maio de 1457.

O corpo de Santa Rita, é um dos que permanecem incorruptos ao longo dos séculos, é venerado hoje no santuário de Cássia. Hoje compartilho essa oração, e que todos os que a fizerem peçam pela cura dos enfermos e pela paz não só nas nossas famílias, mas no mundo todo.

Oração a Santa Rita

Oh! Santa Rita, filha obediente, esposa amável de um homem difícil; mãe paciente de filhos indomáveis; irmã bondosa e compreensiva das religiosas do convento; mulher sofredora e fiel a Jesus; modelo de vida para todas as famílias: dignai-vos a mostrar aqui vosso auxílio poderoso.
Vós conheceis a humanidade e seu sofrimento. Vós sabeis também das nossas necessidades e do pedido que deposito aos vossos pés, confiando na vossa poderosa intercessão junto a Deus.
Concedei-me a graça mais importante: A de viver sempre na amizade de Deus e com os irmãos, ouvindo a Palavra do Evangelho, participando dos Sacramentos, crescendo na Fé e na vida de Comunidade.
Inúmeras pessoas ajudastes, em casos desesperados e quase impossíveis, tornando-se assim um refúgio seguro para todos os que rezam com fé. Não esqueçais meu fervoroso pedido, vós que, como ninguém, tivestes o privilégio de se identificar com Cristo no mistério da Cruz.
Ajudai-me a carregar a minha cruz e a seguir com coragem o meu caminho.

 

Oh! poderosa Santa Rita, sede minha protetora. Amém.

Por Rita Palladino

Jornalista, Redatora, Revisora e saco de pancadas. Gosto de escrever sobre as coisas que gosto e sobre as que me incomodam. Muitos podem até discordar de mim. Mas não aceito ofensas.