Todos os Santos roguem por nós

Todos os Santos roguem por nós

Hoje é Dia de Todos os Santos, véspera de dia dos Finados.

Devemos fazer uma reflexão sobre o verdadeiro significado das palavras e atos, não apenas históricos, mas também de amor ao próximo, de respeito ao próximo, mesmo que sejam diferentes de nós.

Documentos históricos atestam que já final do Século II os cristãos celebravam e rezavam por todos os santos e santas falecidos.

Eles rezavam também por todos os mártires que testemunharam o nome de Jesus e morreram por causa de sua fé.

Nesse tempo, os imperadores romanos deixaram sua marca de intolerância e perseguição levando à morte milhares de cristãos.

Mas isso não aconteceu só em Roma e não apenas nos primórdios do cristianismo.

Não apenas com cristãos, mas com pessoas de todas as fés.

Muitos cristãos foram martirizados em todos os cantos da terra, em todos os tempos, inclusive nos tempos atuais.

Mas, como disse, o martírio não é exclusivo de uma fé, mas de todas as fés.

Basta ver quantas pessoas hoje em dia sofrem por não ter casa, comida, saúde.

Por viverem no meio de guerras que elas não começaram e que rezam para que acabe logo.

Estamos em um vale de lágrimas, porque parece não haver lugar de paz nesta terra.

Portanto, neste dia de Todos os Santos, rogo que meus leitores rezem para que encontremos paz dentro de nós.

Oremos para que haja paz neste mundo barulhento, impiedoso e doente.

Sei que usamos muitas vezes Deus e santos para nossos pedidos, para aquilo que precisamos, emprego, saúde, paz, vida, tranquilidade…

Sim, somos necessitados de crer que temos alguma proteção neste mundo.

Mas hoje e amanhã eu peço que rezemos por outros e não por nós.

Vamos rezar para que as pessoas entendam que suas necessidades são tão grandes quanto as dos outros.

Vamos rezar para que as pessoas entendam que “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo” não podem ser apenas palavras vazias.

Temos que aprender que eu tenho direitos, mas também tenho deveres.

Vamos rezar para que todos os que estão em zonas de guerra, homens, mulheres e crianças, sejam resgatados do inferno que vivem todos os dias.

Rezemos para todas as pessoas que estão doentes, dentro e fora dos hospitais encontrem a cura de seus corpos e almas.

Orar e trabalhar para que aqueles que estão abandonados à própria sorte encontrem alento e uma saída verdadeira para esses problemas.

Rezemos para que todos os santos nos ajudem.

Oremos por todos os mortos que se foram por causa de tantas pestes e doenças que afligiram este mundo.

Males que poderiam ser evitados se, ao invés de nos prendermos às mesquinharias das crenças baseadas em mitos e preconceitos, nos esforçássemos em buscar a verdade.

Que ninguém morra só.

E que a justiça prevaleça.

Reconheçamos ser pobres mortais como nossos próximos.

Lutemos por algo que seja bom para a maioria e não para adular os privilegiados.

Que não esqueçamos dos que precisam de muita ajuda para sobreviver.

Essa Prece que faremos, mais do que um pedido para todos os seres vivos deste mundo, é um reconhecimento que somos falhos.

Mais que isso, tenhamos a certeza de que estamos tentando evoluir e nos tornar pessoas melhores.

Pessoas que aprenderam o significado de amor, respeito e misericórdia.

Vamos rezar para que nossa inveja do outro, daquilo que é diferente de nós não nos torne o pior de nós mesmos.

A verdadeira causa da festa de Todos os Santos é entender que precisamos rezar e fazer um verdadeiro exercício de consciência sobre o nosso papel neste mundo.

Dediquem uma oração de agradecimento, finalmente, a quem se sacrificou por sua fé, pelo seu próximo, para que o mundo seja um lugar melhor para todos!

Oremos

Deus Pai, você tem dado aos santos a felicidade eterna, que vivem agora na plenitude de sua glória.

Devido ao seu santo Amor, eles também se preocupam comigo e com minha família, amigos, igreja, meu próximo.

Obrigada por todos os nossos dons e pelo testemunho de uma vida na qual lutamos por transformar o mundo em lugar melhor para todas as criaturas.

Peço a Todos os Santos, que intercedam por todos nós.

Nos ajudem a caminhar com segurança no caminho estreito que conduz à verdade, à paz, à fraternidade.

Ó senhor, dai-nos sua assistência para vencer o mal, ganhando a plenitude da vida.

Amém.