Viva! Vamos fazer churrasco!

Viva! Vamos fazer churrasco!

Festa boa é aquela que tem fartura

É verão no Brasil, estamos em final de semana de carnaval e é tempo de queimar o carvão pra fazer churrasco.
Tirando os itens como copos, pratos talheres etc., para fazer um churrasco de respeito é preciso calcular bem as quantidades.
Não pode faltar comida pra ninguém, nem ficar sobrando demais.
Aliás, nada de desperdício!
Se sobra demais ou vai pro lixo ou se organiza outro churrasco pra acabar tudo.
Primeiramente, vamos colocar as coisas em pratos limpos. É UM CHURRASCO!
Não invente coisas como crepes, tortinhas e outras coisinhas.

Em um churrasco se come carne assada na brasa, temperada no sal grosso.

Os acompanhamentos aceitáveis são vinagrete, saladas de folhas, arroz, maionese de legumes e farofa. Ponto!

Mas, vamos à parte que gera dúvidas em muitas pessoas.

Como organizar um churrasco que deixe todos satisfeitos sem exageros?
Primeira etapa: lista de convidados.
Quantos adultos, adolescentes e crianças?
Lembre-se sempre que crianças costumam comer pouco.
Some todas as crianças da festa (menores de 6 anos) e divida por três.
Conte esse número como um adulto. Vai dar certo.
Vou passar uma lista que pode ajudar a comprar a quantidade ideal de comida.

Mas, lembre-se: melhor sobrar que faltar!

Bem! É um churrasco.
Calcule 400 gramas por pessoa, mas lembre-se de que carne vermelha não é tudo, uns 150 gramas bastam.
Tenha linguiças aperitivo para iniciar os “trabalhos”. Umas quatro unidades por pessoa.
Se você gosta de colocar umas asinhas e coxinhas de asa de frango, calcule uns 100 gramas por pessoa.
O arroz que acompanha é o branco. Calcule uma xícara de café de arroz cru para cada pessoa.

Lembre-se que isso mais que dobra de volume.

Farofa é por colher de sopa (três por pessoa).

Não deixe de considerar também que uma salada de folhas com temperos simples cai bem.

E para ajudar a digerir a carne, o vinagrete é obrigatório.

A receita é simples: tomates, cebola, pimentão, salsinha e cebolinha picadas, alho, sal, vinagre e azeite.

Salada de maionese é opcional.
A minha leva batatas, cenouras, ervilhas, azeitonas, sal, pimenta, um pouco de azeite e molho de maionese.
Mas, se estiver muito quente, não aconselho, pois é o tipo de salada que estraga fácil e provoca intoxicações.
No quesito bebidas, tenha água para refrescar e hidratar.
Não esqueça que vocês estão consumindo doses cavalares de sal e proteínas em sua forma mais básica.
É quase como voltar para as cavernas e redescobrir o uso do fogo!

Calcule um mínimo de 500 ml de água por pessoa.

Tenha em mãos refrigerantes com opções dietéticas.
Não esqueçam que o número de diabéticos está nas nuvens.
Calcule uns 400 ml de refrigerantes por criança e a mesma dose de sucos.
E no caso da cerveja, escolha latas ou garrafas one way de uns 350 ml.
Não sei como são seus convidados, mas tenho amigos que enxugam de meia dúzia para cima.
Se forem pessoas comedidas, três latas/garrafas por pessoa bastam.
Ah! E só para dar uma incrementada no churrasco, tenha em mãos alguns espetinhos de queijo.
Coalho ou muçarelas ficam deliciosos quando grelhados.
Pães de alho, que você compra em qualquer mercado também é sucesso.
Achou demais?
Pense na sobremesa!
O melhor é servir abacaxi e melancia estupidamente gelados.
Eles vão ajudar a começar o detox depois do banquete!