Alecrim, o orvalho do mar

Alecrim, o orvalho do mar

Conheça mais sobre esse arbusto cheiroso

O alecrim é uma erva aromática nativa da região do Mediterrâneo.
mesmo tendo diversos tipos serve basicamente para temperar comida, chás e outros fins medicinais e para banhos específicos de origem religiosa.
Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar.
Esse arbusto perene, muito ramificado, sempre verde, com suas folhas pequenas e finas, tem um aroma forte e agradável.
Talvez por isso seja muito usado em culinária e como defumador.
Sua essência também é utilizada em perfumaria, pois contém tanino, óleo essencial, cânfora e outros princípios ativos que lhe conferem propriedades excitantes, tônicas e estimulantes.

A sua flor é muito apreciada pelas abelhas produzindo assim um mel de extrema qualidade. Há quem plante alecrim perto de apiários, para influenciar o sabor do mel.

Muitos paisagistas gostam de colocar vasos com alecrim (que florescem anualmente) por sua tolerância à seca e resistência às pragas de jardim.
Ah! E não tenham medo de podar.
Aparar os galhos de alecrim evita o crescimento excessivo e a perda de folhas nos seus ramos interiores e inferiores.
Quem quiser plantar pode fazê-lo a partir de uma planta já existente.
Basta cortar um ramo novo com cerca de 10–15 cm, retirando algumas folhas da base e plantando diretamente no solo.
Não esqueça que, a principio, precisa de regas constantes, de cerca de um copo d’água (200 ml) por dia ao entardecer.
Plante preferencialmente na primavera ou no verão.

Use nos pratos e tempere o azeite com alecrim

Colocar alecrim fresco para temperar carnes é dar um sabor especial à sua comida.
Nos países mediterrâneos qualquer tipo de carne leva sempre algum tempero à base de alecrim, que também cai bem com batatas assadas.
Nos churrascos, recomenda-se espalhar um bom punhado sobre as brasas acesas para perfumar a carne e difundindo um agradável odor no ambiente.
Colocar um ramo de alecrim fresco no azeite de oliva também dá um perfume e um sabor aos pratos e saladas temperados com isso.

Aplicações medicinais

Há muitos séculos, o alecrim tem sido utilizado como estimulante para pessoas debilitadas e também como remédio para abaixar febres.
É também uma planta digestiva e suas infusões ajudam a acalmar tosse.
Aliás, a medicina popular aconselha que pessoas com problemas de pigarro e tosse respirem vapores resultantes da fervura de alecrim para expectorar e acalmar as vias respiratórias.
Por conter propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas o alecrim pode ser útil para auxiliar a digestão dos alimentos.
Também é usado e no tratamento de casos de depressão e estados de ansiedade.
Uma infusão de alecrim faz-se com quatro gramas de folhas por uma xícara de água fervente.
Obs. – Desde a antiguidade, o alecrim é queimado como incenso em templos, igrejas e locais de culto.
Na Igreja Ortodoxa grega, o seu óleo é utilizado até aos nossos dias, para unção.
Religiões de matriz africana, como umbanda e candomblé, utilizam alecrim em banhos e como incenso.
Aliás, um ramo de alecrim pendurado sob a água que cai do chuveiro ajuda a abrir os poros e dá frescor ao banho!
,