Alimentos que ajudam a prevenir o diabetes

Alimentos que ajudam a prevenir o diabetes

Alimentos podem ajudar a prevenção de diabetes e outras doenças

Já falei em outro artigo sobre síndrome metabólica, que pode acabar se tornando o diabetes tipo 2.

A diabetes do tipo 2 é o tipo mais comum da doença e costuma afetar pessoas com mais de 40 anos de idade.

Suas causas estão relacionadas aos hábitos alimentares, ao sedentarismo e à obesidade.

Entretanto, várias pesquisas apontam que alguns alimentos, quando consumidos com certa regularidade, ajudam prevenir o surgimento do diabetes tipo 2.

Eles alimentos também ajudam muito no controle da glicemia e no bem-estar.

Mostrarei aqui alguns deles brevemente, mas com um alerta:

Não há uma “fórmula mágica” que garanta êxito contra o surgimento ou o controle da doença.

Tudo o que podemos fazer é recomendar alguns alimentos que ajudam e, claro, não descartar atividade física moderada sempre!

 

O azeite é o rei do Mediterrâneo

O azeite de oliva, elaborado a partir da pressão das azeitonas, é um dos ingredientes mais consumidos pelos povos mediterrâneos.
Seu consumo se espalhou mundo afora com o comércio internacional.
Esse óleo contém antioxidantes fundamentais para a saúde e a beleza, além de vitamina E.
Isso mantém a pele sem rugas e os cabelos brilhantes.
O azeite é rico em gorduras monoinsaturadas.
Suas gorduras são anticancerígenas, e ajudam a reduzir a pressão sanguínea e prevenir o diabetes.

Amendoim é bom para o coração, para a pela e os cabelos e previne diabetes

O amendoim é uma das plantas que o mundo conheceu só após a descoberta das Américas.
Ele é uma leguminosa rica em nutrientes benéficos para coração e, entre todas as castanhas, a mais rica em proteínas.
O amendoim contém muitas gorduras monoinsaturadas, que reduzem o colesterol e previnem a formação de coágulos nas artérias.
Essa leguminosa evita doenças cardíacas e, devido ao baixo índice glicêmico, ajuda a prevenir o diabetes do adulto.

Aveia e suas fibras ajudam o metabolismo

Muito versátil e utilizada para prevenir doenças cardíacas e aumentar a imunidade, a aveia é uma fonte de carboidratos e contém muitas fibras.
Por suas propriedades ela mantém a taxa de açúcar no sangue estável, previne o diabetes e baixa o colesterol.

Trigo Integral: o mais básico dos alimentos

Usado para massas e pães, o trigo contém muitas proteínas, fornecendo vitamina B e minerais.
Por produzir energia, combate a fadiga e a vitamina B ajuda a combater os males dos nervos.
O trigo evita o diabetes do adulto e melhora a capacidade de registrar, reter e distribuir informações.
O grão é ainda uma boa fonte de zinco, que aumenta a imunidade e fortalece a visão.

A Soja vai além da culinária oriental

Essa leguminosa é essencial para a dieta dos povos orientais, que têm o maior nível de longevidade do mundo.  
A soja é uma excelente fonte de proteína vegetal, fibras e carboidratos complexos.
Conhecida por reduzir o colesterol e triglicérides, a soja contém antioxidantes que evitam a formação de coágulos nas artérias.
Mas a soja não é só isso.
Ela tem atributos que ajudam a prevenir osteoporose;
Auxiliam na menopausa (isoflavona);
Tem propriedades anticancerígenas;
Seu índice glicêmico é extremamente baixo, o que previne diabetes.

Hadoque: o primo rico do bacalhau

Esse peixe, um parente do bacalhau é cheio de nutrientes e também fonte de várias vitaminas do complexo B, que são benéficas para o cérebro e combatem a fadiga.

Por conter muito ácido fólico, o hadoque previne doenças cardíacas, diabetes e osteoporose.

Esse peixe é rico em iodo, necessário para produzir hormônios da tireoide e regulam o metabolismo.

Também contém zinco, importante para a imunidade;

Enxofre, bom para a pele;

Cálcio, que fortalece os ossos e contribui para a prevenção de doenças como a osteoporose.