Artigo tosco de dar dó

Artigo tosco de dar dó

O que se faz quando o corpo não ajuda

 

Hoje acordei me sentindo só o pó. Falando bem a verdade, já faz uns dias que não me sinto 100%. Meu joelho dói como se eu tivesse torcido o dito cujo e ando bem cansada física e mentalmente. Muito desse cansaço vem da situação no país, que só muda para pior, e da minha própria, que não se define, mesmo que eu esteja bem animada com o blog.
Mas, uma das coisas que aprendi após passar a barreira dos 39 anos, é que esse desânimo parece chegar perto mais vezes do que antigamente. E, talvez por conta disso, hoje acordei me sentindo meio adoentada. Com dor de garganta, cansada e desanimada. Ainda assim me levantei, fui dar uma pequena caminhada, já que o joelho está doendo pra caramba, passar na farmácia e comprar uma vitamina C pra ver se dá um alento.

Às vezes não temos ânimo nem para o básico

Voltei pra casa e continuei tentando me animar; trocando roupa de cama, cozinhando alguma coisa leve, porque nada me apetece, e dando uma olhada nas notícias. Não! Notícias estão acabando comigo!
Me peguei sem vontade de escrever, que é uma das poucas coisas que têm me feito levantar da cama. Aí, finalmente, resolvo escrever este pequeno artigo, enquanto tomo um chá de hortelã e gengibre, com hortelã da minha horta particular, e apenas desabafar sobre o nada.
Pois é. Hoje não há nada de útil para falar. Espero que amanhã esteja melhor e poste coisas que realmente interessam às pessoas. Até amanhã…

,

Uma resposta para “Artigo tosco de dar dó”