Broa de Milho para comer no final de semana

Broa de Milho para comer no final de semana

Confesso que ando meio triste esses dias.
Além de todas as tristezas do mundo, não consigo compartilhar coisas com amigos, família e, sim (!), com os grupos de whats e facebook, que são a única coisa que tenho compartilhado.
Muito trabalho, mais de duas horas de deslocamento não são fáceis.
Mas isso não é desculpa para eu não sentar e partilhar aquilo que tenho feito na cozinha, na horta, no jardim, na vida.
A receita de hoje é uma broa que testei domingo passado.
Aliás, eu gostei bastante.
Aconselho a comer quente, com manteiga, acompanhado de um café fresquinho!  

Ingredientes

500 g de farinha de milho
250 g de farinha de centeio
180 g de farinha de trigo
400 ml de água fervendo
300 ml de água morna
Uma colher de sopa (rasa) de sal grosso
20 g de fermento biológico fresco

Preparação

Antes de tudo, escalde (*) a farinha de milho na água fervendo, amassando bem e deixando repousar por uma hora.
Então misture o sal e o fermento na água morna até diluir bem.
Depois junte ao preparado de farinha de milho e amasse muito bem.
Acrescente a farinha de centeio e, por fim a farinha de trigo aos poucos.
Deve ficar uma massa firme e pegajosa.
Quando chegar a essa consistência não se deve acrescentar mais farinha.
Cubra a massa com pano e deixe fermentar  por uma hora ou mais.
Lembre-se que com calor a massa fermenta mais depressa.
Faça bolas de tamanho médio e leve ao forno aquecido a 200°C durante 1 hora.
* Escaldar é “dar um banho” com um líquido fervente em alguma coisa.
Trata-se de jogar o líquido quente sobre essa coisa ou mergulhar a coisa por algum tempo em líquido fervente.
Assim, o alimento escaldado é cozido apenas parcialmente.
Normalmente, essa é uma preparação do ingrediente para que ele possa seguir adiante no processo de preparo.
Fora isso, a água fervente mata instantaneamente quase todos os microrganismos presentes na superfície dos alimentos, tornando-os mais seguros para o consumo.