Caldeirada de tamboril com camarões e mariscos

Caldeirada de tamboril com camarões e mariscos

Uma receita portuguesa que precisou de tradução

Estava caçando algum assunto para escrever entre as minhas anotações e me deparei com esta receita.
O nome original é “Cataplana de tamboril com gambas e ameijoas”.
Bem, é um recorte de uma revista portuguesa, e fui buscar o significado de várias coisas ali.
O que me leva a considerar se a “padronização” da regra ortográfica se prendeu em acentuações bobas.
Na verdade deveria se prender em palavras totalmente diferentes que significam a mesma coisa.
Mudando tudo de lugar, vou passar a receita, já traduzida para o português que falamos no Brasil.
Espero não ofender nenhum deus da culinária lusitana, tão cheia de sabores e cores.

Ingredientes

1 kg de tamboril limpo (pode ser conhecido como peixe-gato);
500 g de camarões graúdos (gambas);
250 g de mariscos (ameijoas);
Meio pimentão picado;
4 tomates bem maduros;
2 cebolas grandes cortadas em rodelas;
Um dente de alho picado;
100 ml de vinho branco;
Uma folha de louro;
Duas colheres de sopa de azeite;
6 batatas cortadas em rodelas grossas;
Sal e pimenta a gosto;
Salsa picada a gosto.

Preparação

Em uma panela do tipo wok ou numa moquequeira (em Portugal chama-se cataplana) coloque uma camada do tamboril cortado em pedaços.

Disponha as rodelas de cebola, o alho, o pimentão, os tomates e a batata.

Tempere com sal e pimenta malagueta e junte a folha do louro e regue tudo com o azeite e o vinho branco.

Leve ao fogo e deixe cozinhar por cerca de 15 minutos.

Acrescente os mariscos limpos, cozinhe mais 3 minutos.

Coloque os camarões (limpos) e cozinhe mais 3 minutos.

Salpique com um pouco de salsa antes de servir.
Um arroz branco é o ideal para comer com essa delícia.
,