Mas está tudo louco neste Brasil?

Mas está tudo louco neste Brasil?

Antes de continuar meus afazeres profissionais, preciso mesmo escrever algumas coisas do Blog.
É isso ou perco meus poucos leitores.
Enfim, vamos falar desse mundo moderno no qual o Brasil está inserido, mas não pelos motivos certos.
Em alguns e-mails, eu recebo informações da Anatel (a agência reguladora de telecomunicações).
Um deles informa que temos dois celulares e meio para cada cidadão brasileiro. Nossa!
Também dá conta que a TV Digital será ligada em locais que nem no meu super mapa do Brasil encontrei.  
Isso é motivo de orgulho?

Talvez sim, pois sou a favor da tecnologia.

Mas seria melhor que essa modernidade estivesse ao nosso serviço e não o contrário.
Como pode ter mais de um celular para cada cidadão?
Não tem nem comida suficiente para cada cidadão!

Na verdade tem, mas não é compartilhada.

No caso da TV digital a coisa ainda é mais besta.
Estão distribuindo kits para que as TVs consigam se comunicar na tal transmissão digital.
Alguém distribui junto cestas básicas, uniformes escolares, remédios que estão em falta?
Ok! Não ponhamos tudo na mesma cesta.
Ninguém ficou com mais ou menos fome porque a ciência avança, mas precisamos de perspectivas diferentes.

Em uma postagem da UNICEF sobre quase um milhão de crianças brasileiras que não têm escola.

Crianças que não têm como frequentar por motivos que todos sabem.
Lemos comentários dos idiotas de sempre.
Um bando de ignorantes que acredita que a Unicef é comandado pela rede Globo.
E porque? Porque uma vez ao ano a emissora cede um dia para o ‘Criança Esperança’.
Pois é meu povo rancoroso, que entra até em post de ação social para destilar rancor:
Antes de comentar saiba sobre o que você está falando para não passar vergonha.
Do mesmo modo que os Direitos Humanos (criados lá nos anos 1940) não existem para defender bandidos.
Nem mesmo foram criados para isso.
Pense que você faz um desserviço falando bobagens sobre o que não sabe.
A UNICEF existe para proteger crianças contra indignidades.

Todas as crianças têm direito e escola, comida, saúde, bem-estar, segurança etc.

Ah! Sabe o Teleton?
Ele também não pertence a nenhuma rede de TV.
As TVs apenas cedem um dia para arrecadar fundos.
E para quem quer saber onde esses fundos são usados, existem milhões de sites de internet para se informar.
Como eu sempre digo, a internet não serve só pra ver videocassetada.
Gostaria de dizer que não adianta só construir prédio para atender ou fazer escola, é preciso manter.
É para isso que se arrecada dinheiro todo ano.
Serei mais didática: você tem uma casa, família, carro etc., porque trabalhou, construiu etc.
Se você parar agora, e nunca mais tiver uma renda para manter essas coisas, o que acontecerá?
Vai tudo pela cloaca, certo?
Então! Na próxima vez que você falar sobre isso, pense antes!

Pare de condenar quem se mexe para fazer algo de útil neste mundo.

Isso é mais útil que distribuir kit digital ou comprar o celular mais moderno e caro da loja.
E já que raciocinamos sobre o destino do nosso dinheiro, se pergunte sobre questões dos jornais de hoje:
Como uma empresa de refrigerante enorme sonega impostos de milhões de reais e ninguém a pegou até agora?
Como os ruralistas (amigos da bancada de mesmo nome) estão com um trilhão de reais em impostos atrasados sem que ninguém faça nada?
Porque só agora a operação da polícia federal está com mandados contra pessoas acusadas de desviar dinheiro de merenda escolar na ordem de R$ 1,6 bilhão?
E por favor, não me respondam com frases do tipo: “todo político é igual”; ou “tudo farinha do mesmo saco”.
Porque serei obrigada a responder que vocês também fazem parte disso…

 

,

Uma resposta para “Mas está tudo louco neste Brasil?”