Porque Diadema não fiscaliza suas ruas?

Porque Diadema não fiscaliza suas ruas?

Notem a diferença entre o asfalto e a terra despejada na via

Antes de mais nada, já tivemos enchentes monstruosas na cidade.

Depois disso já denunciei descarte ilegal em vários pontos do meu bairro, que, caso vocês não saibam, é dos mais afetados.

Mas minha questão não é porque a prefeitura simplesmente não recolhe os entulhos e bagulhos.

Aliás esses descartes são ilegais.

Mas, porque a prefeitura não fiscaliza  suas ruas?

Sou moradora de uma grande avenida (a Fagundes de Oliveira), e como moradora me sinto abandonada.

Assim como se sentem abandonados outros moradores e alguns comerciantes, porque acordamos com lixo jogado nas nossas portas.

Nos achamos abandonados porque há pessoas se acham no direito de passar a qualquer hora do dia em carros com som altíssimo.

Isso quando não estacionam nas nossas ruas e fazem pancadões atordoantes.

E ainda temos que aturar pessoas jogando pedras nas nossas janelas; pichando nossas fachadas e, a mais nova: jogarem terra por toda a rua.

Vou tentar explicar: já é a segunda vez que uma grande obra é feita no meu bairro.

Então: a primeira foi o condomínio industrial M Bigucci, e todo caminhão que saía de lá carregado com as árvores cortadas (amata ciliar do córrego da divisa) derramava terra por toda a pista e pelas calçadas.

Vocês acham que é exagero?

Pois é, mas sou eu que tenho que conviver com todo esse lixo e com toda essa sujeira todos os dias!

Será que dá para fiscalizar e punir, prefeitura de Diadema?

Sei que há pessoas no meu bairro que parecem não ligar, mas vão se importar quando ficarem doentes de tanto respirar particulados.

Agora, novamente, caminhões cheios de terra (com a marca “Obra Limpa”) passam e deixam seu conteúdo pelo caminho.

Isso vira um particulado e entra por cada fresta de janela ou porta.

Ventilar a casa não é uma opção.

E tudo que se ouve da prefeitura é: “eles farão uma compensação”.

Que compensação? Os moradores desta cidade serão compensados quando ficarem doentes?

Perdoem-me se estou tão zangada, mas me cansei de prestar queixas para ouvidos surdos.

Exijo viver em uma cidade limpa.

Pago meus impostos, descarto meus inservíveis no local certo.

Varro minha calçada e recolho lixos que nem são meus.

Exijo uma atitude da administração de Diadema já!

Chega de sermos tratados como se fossemos coisas e não pessoas!  Essa cidade precisa evoluir!


Uma resposta para “Porque Diadema não fiscaliza suas ruas?”