Santo Antônio, a comemoração do “casamenteiro”

Santo Antônio, a comemoração do “casamenteiro”

Vamos conhecer a primeira das grandes festas

Desde que comecei essa série de Junho, falei que ia trazer ao menos alguma curiosidade sobre as festas deste mês.
No início as festas, trazidas pelos colonizadores portugueses, eram chamadas “joaninas”, pois tinham a ver com o rei João.
Após um tempo, depois de muita miscigenação e a incorporação de costumes indígenas e africanos, as festas se tornaram “juninas” (de Junho).
Apesar de hoje em dia as quermesses começarem bem antes e terminarem bem depois deste mês.
Mas, em locais que preservam mais as tradições, que passam bem longe dos grandes centros, ou das festas para “turista ver”, ainda se veem as tradições.
São fogueiras, bandeirinhas, mastro com as bandeiras dos santos e muitas brincadeiras, além é claro, das comidinhas típicas das festas, como bolos, pamonhas, pé de moleque, paçoca etc.
Faça crochê e ganhe dinheiro
Receitas de tapetes, roupas e bonecos de crochê a preço promocional!

Simpatias, sortes e adivinhas para Santo Antônio

 

Não sei por que o Santo do dia 13 de Junho ficou conhecido como casamenteiro.
Na verdade sempre tive o santo como um provedor, para o qual se reza para não faltar o pão na mesa, para não termos mais a miséria.
Mas, no geral, a maior parte das pessoas parece ter intimidade com Santo Antônio.
Há um filme brasileiro muito engraçadinho, chamado “Marvada Carne”, que mostra o relacionamento de uma devota Fernanda Torres com o santo.
Ela chega a arremessar o santinho  janela afora, porque não consegue marido.
No filme, como na vida, já vi muita gente fazendo s simpatias, jogando sortes e tentando adivinhar o futuro com ajuda de Santo Antônio.
Alguns têm o hábito de colocar o santo (coitadinho), de ponta cabeça e dizendo que não desviram até que o pedido seja atendido.

Para conseguir namorado ou marido, basta amarrar uma fita vermelha e outra branca no braço da imagem de Santo Antônio.

Depois, faça o pedido e reze um pai-nosso e uma salve-rainha.

Pendure a imagem de cabeça para baixo sob a cama.

Ela só deve ser desvirada quando a pessoa alcançar o pedido.

No dia 13, é comum ir à igreja para receber o “pãozinho de Santo Antônio”, que é dado gratuitamente pelos frades.
Em troca, os fiéis costumam deixar ofertas.
O pão, que é bento, deve ser deixado junto aos demais mantimentos para que estes não faltem jamais.

Bolo de milho fácil e molhadinho

A receita do dia é um bolo de milho feito no liquidificador. Fica macio, molhadinho e delicioso!

Ingredientes

Uma lata de milho
Um vidro de leite de coco (200 ml)
A mesma medida de leite
Três ovos
Duas colheres de sopa de óleo (soja, milho, girassol etc.)
Uma xícara de açúcar
½ xícara de fubá
¼ xícara de farinha de trigo (só ponha se a massa estiver mole demais)
Uma colher de sopa de fermento em pó

Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador até criar uma massa uniforme.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º em forma untada e enfarinhada (use o fubá para isso pois fica mais gostoso).
Dependendo do forno o bolo estará assado em 30 minutos. Mas faça o teste do palito.
Após assado, polvilhe canela com o bolo ainda quente.

 

, ,