Vivendo e aprendendo a plantar

Vivendo e aprendendo a plantar

Para quem acompanha o blog, já sabe que gosto de alguns assuntos.

Agricultura orgânica é um desses e sempre gosto de partilhar as coisas que aprendo aqui e ali.

Diadema, onde vido, tem algumas das hortas comunitárias mais bacanas que existem.

Então, elas são cultivadas em terrenos baldios e perto das linhas de alta tensão.

Também há hortas em áreas livres das escolas, e servem para aprendizado e alimentação saudável.

Um dos grandes desafios desses espaços, além de limpar e preparar o solo, é saber o que plantar.

Outra questão é o aproveitamento do espaço.

Finalmente, saber como afastar as pragas sem usar inseticidas.

Para isso é bom ter plantas parceiras.

Elas auxiliam o desenvolvimento orgânico sem usar pesticidas que contaminam tudo.

Horta Orgânica Curso Completo
Quer aulas de horta orgânica? Aproveite porque o preço é incrível e as dicas imperdíveis!

Antes de falar mais, há três boas dicas que usamos aqui:

1 – Tomateiros repelem naturalmente as lagartas que se alimentam das folhas de repolho.

2 – Cebolas são repelentes naturais para a maioria das pragas e ajuda outras culturas.

3 – Espalhar as cascas da cebola pela plantação ajuda o crescimento da horta.

4 – Plantações de rabanetes repelem besouros e atraem insetos comedores de folhas.

Assim as outras plantas ficam livres e os rabanetes se livram pois são raízes.

 

Lembre-se: aqui falaremos sobre as plantas parceiras de algumas culturas.

Antes de mais nada, o plantio e a colheita dependem da região onde se vive.

Do mesmo modo que a região serve para escolher os cultivos mais adequados.

Então não precisa plantar todas as sugestões juntas.

Apenas adeque às necessidades do seu terreno.

Beterrabas – plante perto de couve-de-Bruxelas, brócolis, cebolas, repolho e acelga.

Repolhos – são protegidos por tomates, couve-de-Bruxelas, brócolis, couve manteiga, acelga e espinafre.

Cenouras – alface, repolho, alho-poró, cebola, ervilhas e rabanetes são boas para essas plantações.

Batata – repolho, milho, feijão, ervilha e abóbora dividem bem o terreno.

Tomates – São ótimos acompanhantes das cebolas.

Bem como os repolhos e cenouras.

Cebolas – dividem espaço com quase tudo. Cenouras, alfaces, repolhos e beterrabas são ideais.

Acelga – cebolas, beterrabas e repolhos cercam e protegem essas folhagens.

Ervilhas – são bem-acompanhadas por feijão, cenoura, nabo, pepino, rabanete e milho.

Alface – cercadas de rabanetes, beterrabas e cenouras, as pragas não chegam às suas folhas.

Rabanetes – cerque-os de ervilhas, espinafre, cenoura e alface. Não tem erro!

, ,

4 respostas para “Vivendo e aprendendo a plantar”

  1. Rotação é uma prática (Rotacionar culturas) usada para diversificar as Hortaliças em um mesmo canteiro.
    Consorciacão é outra prática usada para cultivar várias Hortaliças dentro de 1 metrô quadrado, claro que seguindo as Tecnicas.

  2. Boa tarde. Sou de Marechal Cândido Rondon. Oeste paranaense. Temos uma pequena chácara de 5000 MTS. Temos uma pequena horta. Mas não consigo colher rúcula. As lagartas envadem antes. O que posso usar. Que seja natural?

  3. Boa tarde José Luiz. Eu aconselho colocar tomates ou cebolas cercando a rúcula. Essas plantas afastam lagartas