As cenouras são mais que o alimento favorito do Pernalonga!

As cenouras são mais que o alimento favorito do Pernalonga!

Conheça os benefícios dessa raiz multiuso!

Estamos na Páscoa, e vemos por todas as partes os ovos de chocolate e os coelhos (uma confusão!).
Na verdade, ovos, coelhos etc. são apenas símbolos da chegada da primavera no hemisfério norte.
Eles estão associados aos rituais de fertilidade pagãos do velho continente.
Então, pensar em coelhos me faz lembrar o Pernalonga e seu alimento favorito, as cenouras.
A humanidade conhece cenouras há mais de 2000 anos.
Os historiadores dizem que elas surgiram no distante Afeganistão.
Aliás,  a primeira coisa que foi apreciada como alimento foi sua folhagem.

Então se descobriu que a parte enterrada, a cenoura, é que era artigo de primeira categoria.

Aliás, com o preço que estão, são artigo de luxo.
As cenouras são encontradas em vários tamanhos, formas e cores e existem no mundo inteiro.
Elas são usadas no preparo de pratos salgados ou doces, mas também são gostosas cruas!
Aquele sabor adocicado, aliado à crocância, deleitam até a última mastigada.

Mas não apenas isso:

Antes de tudo, cenouras têm poucas calorias e são usadas em dietas.
Cem gramas de cenouras contêm apenas 30 calorias.
Elas têm um baixo teor de sódio, e reduzem a pressão arterial.
Cenouras ficam gostosas cozidas com pouco sal.

As cenouras são ricas em fibras, e mantêm o sistema digestivo saudável.

Uma porção de 80 g de cenouras cozidas contêm 10% das necessidades diárias de fibras.

Cenouras são ricas em vitamina A.

Elas contêm uma substância chamada betacaroteno, que se transforma em vitamina A no organismo.
De todos os frutos e legumes, as cenouras são a melhor fonte de betacaroteno.
A vitamina A se transforma num pigmento violeta chamado rodopsina na retina.
Lá se formam as células fotorreceptoras.
Este pigmento é essencial para melhorar a visão noturna das pessoas.

E o betacaroteno faz maravilhas por cabelos, unhas e pele de uma pessoa.

Nem todas as cenouras são de cor laranja.
Existem variedades que vão do púrpura, ao branco e amarelo.
A primeira cenoura laranja foi criada na polinização cruzada entre o amarelo e o púrpura.
Isso aconteceu, provavelmente, no século XVI com experimentos dos Holandeses.
Com isso temos opções para deixar os pratos multicoloridos
Mesmo sendo super saudável, comer muitas cenouras faz a pele ficar alaranjada, sobretudo na palma das mãos e pés.
O fenômeno é chamado de carotenemia e é reversível então não se preocupe.
Aliás, conheci um rapaz que apresentou essa mudança de cor.
Fomos à praia e… adivinhem?
Foi o que pegou o bronzeado mais bonito da turma.
Além de ser o único que não “descascou”.

Portanto: entrem para a turma do Pernalonga e mandem brasa nas cenouras!