Chutney de manga caseiro e amigos muito queridos

Um dia desses lembro de ter compartilhado uma receita de chutney, acho que de damasco, e uma amiga me mandou uma mensagem que tinha visto o post no Google e estava superfeliz por me ver na busca que ela mesma fazia por receitas desse tipo.
Alguns dias depois, não lembro porque, me deu vontade de outro chutney, o de manga, mas eu não conseguia encontrar em qual caderno estava a receita. Essa amiga me perguntou se não era só trocar a fruta naquela receita, mas expliquei que não era tão simples.
Sabem por quê? Porque frutas têm quantidades diferentes de açúcares, pectinas (que espessam receitas) e suas texturas também são diferentes. E, assim como os chutneys, as geleias não são feitas de forma igual porque as frutas diferem.
Deixando tudo para lá, vamos ao chutney de manga, uma receita originária da cozinha indiana, que pode acompanhar queijos, carnes e peixes assados. Vai do gosto de cada um. E manga dá um toque especial em qualquer coisa!

Ingredientes

Uma manga grande descascada e cortada em cubos (mais para verde que madura)
Suco de ½ limão
Uma maçã bem ácida descascada e cortada em cubos
100 g açúcar mascavo
Uma cebola pequena ralada
50 ml vinagre branco
Uma pimenta dedo de moça picada e sem sementes
Uma colher de sobremesa de molho tabasco
Duas colheres de uvas passas brancas e escuras (misturadas)
Uma pitada de sal (fica a gosto) e pimenta do reino moída
½ colher de café de mostarda em pó (ou gengibre em pó)

Preparo

Jogue o limão espremido sobre as frutas cortadas e reserve.
Numa panela coloque o açúcar, a cebola e o vinagre e ferva em fogo baixo até dissolver o açúcar totalmente. Junte as frutas e cozinhe em fogo baixo durante uns 30 minutos mexendo de vez em quando para não grudar.
Adicione a dedo de moça, o tabasco e as uvas passas, misturando bem.
Tempere com o sal e a pimenta, além da mostarda em pó (ou gengibre) até o chutney perder a umidade e engrossar.
Como em toda receita desse tipo, coloque em vidros esterilizados e use como acompanhamento.
E acreditem em mim que é delicioso!

Obs: Ah! Minha amiga Cilene, a quem dedico essa receita super deliciosa, me perguntou sobre orquídeas, mas como ainda não reuni informações suficientes, segue um novo chutney!

 

Deixe seu Comentário Respeitoso

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *