Como fortalecer o sistema imunológico?

Como fortalecer o sistema imunológico?

Vamos deixar de lado as bobagens que a maioria das pessoas dizem ou escrevem em redes sociais.

Isso não é a cura do câncer; não é a cura do Covid-19; não é a cura definitiva das doenças que nos afligem.

Mas reforçar nosso sistema imunológico não vai fazer mal e se pudermos usar a natureza para isso, melhor ainda.

Nossos corpos são diariamente expostos a vírus, bactérias ou fungos que podem causar doenças.

Por isso fortalecer nossa imunidade é essencial para a defesa do nosso organismo, dando um reforço contra infecções, gripes e outros males.

Por isso, comece se alimentando muito bem e aposte em uma vida saudável.

Defenda seu organismo com a recomendação diária de frutas e vegetais.

Consuma alimentos ricos em ômega-3; vitaminas A, C e E; probióticos; zinco e selênio.

Ao fazer sua refeição coma verduras, legumes, frutas, grãos, proteínas magras.

Aí vem a pergunta de um milhão:

“onde encontrar esses nutrientes que ajudam a aumentar a imunidade?”

Vitamina C, por exemplo, que aumenta a resistência do organismo, existe em muitos alimentos, mas é mais comum em frutas como: laranja, tangerina, abacaxi, limão, morango, melão, mamão, manga, kiwi etc.

A Vitamina A auxilia na saúde da pele, dos cabelos, unhas e auxilia na visão. Pode ser encontrada na cenoura, batata doce, manga, espinafre, melão, acelga, pimentão vermelho, brócolis, alface e ovo.

O ácido fólico, responsável pelas defesas do nosso corpo pode ser encontrado em vegetais verde-escuros como brócolis, couve, espinafre.

Também encontramos esse nutriente no feijão, nos cogumelos (como shimeji, shitake, Paris ou Portobello) e na carne de fígado.

O zinco, amplamente divulgado entre os suplementos alimentares, ajuda a combater resfriados e está presente na carne de vaca, frango, peru e peixe.

Encontramos zinco também em cereais integrais, frutos secos (castanha, amendoim e castanha do Pará), sementes e leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico), que, inclusive, ajudam em dietas de emagrecimento por serem grãos que dão saciedade.

As sementes oleaginosas, como nozes, amendoins e outras castanhas, além de óleos vegetais são ricos não só em zinco, mas em vitamina E.

E vamos ao tal do Ômega-3, que muitos dizem não existir, mas existe.

Novos nutrientes são descobertos todos os dias e este, por exemplo, está presente em peixes como sardinha, salmão, arenque e atum.

Encontramos também nas sementes de chia e linhaça, que ajudam nas dietas de secar a barriga!

O ômega 3 garante o bom funcionamento do cérebro, melhorando a memória e o raciocínio.

Além disso, ele é importante para prevenir doenças cardiovasculares.

Mas há outras fontes alimentares que nos auxiliam a blindar o organismo, como o selênio, que é cicatrizante e aparece em sementes, castanhas, queijos, repolho e trigo.

O gengibre, muito usado contra inflamações, tem ação bactericida, Vitamina C e B6. Use nas dores de garganta e aumente as defesas do organismo.

Temos ainda os probióticos, que são aquelas bactérias benéficas auxiliares para manter um intestino saudável.

Esses probióticos aparecem no iogurte natural e nos leites fermentados tipo kefir ou Yakult.

Os alimentos apontados aqui são apenas uns poucos exemplos de como usar comida como remédio para vários males.

Porém, como eu sempre digo, tenham cuidado, especialmente se vocês tiverem problemas alérgicos.

Há intolerância a lactose, ou doença celíaca e alergias diversas.

Não é porque algo sai da natureza que não vai fazer mal.

Conheçam seu organismo antes de tudo!

 

,

2 respostas para “Como fortalecer o sistema imunológico?”

  1. Uma boa alimentação é fundamental, não só em épocas de pandemia, mas para a vida toda. Infelizmente, nem todos podem ter uma variedade adequada de alimentos.

  2. verdade André. Mas é melhor a gente divulgar o que sabe e esperar que essa situação mude