Compre fresco e replante para sempre!

Frutas e Verduras que você compra uma vez e replanta sempre

Sabe aqueles legumes, frutas e verduras que você compra na feira, quitanda, mercado? Aí você vai cozinhar ou comer e acaba jogando pedaços e sementes fora? Não faça mais isso! Há algumas plantas que têm o poder de “renascer” a partir delas mesmas.
E saibam que isso não é mágica, é a natureza fazendo seu ciclo de vida, morte, renascimento. É por esse motivo que sou uma fã de hortas caseiras, comunitárias e outras hortas, que existem para nos dar alimentos mais frescos, livres de agrotóxicos. Além disso, essas hortas mudam paisagens, utilizando terrenos onde antes só havia lixo, e riscando o tom cinza das cidades com o verde das plantas.
Vou mostrar alguns exemplos de como replantar restos em casa e ter, depois de um tempo, frutas e verduras fresquinhas para consumir!

Verduras de folhas são boas de replante

Uma das melhores coisas da alface, depois de podermos comer suas folhas levinhas e crocantes, é claro – é que você pode colocar a parte do toco (que une as folhas) na água e vê-lo brotar novamente. É necessário checar diariamente o nível da água para que a planta não fique seca. Coloque a alface preferencialmente em um local arejado e bem iluminado. O resultado não será uma alface enorme, mas pequenininha e saborosa.
Para ter salsão na sua casa sempre, você precisa apenas cortar, no talo, cinco centímetros e deixar em um copo largo com água. Deixe em um local ensolarado e lembre-se de umedecer a parte de cima do salsão para não ressecar. Após uns dias você verá brotar folhinhas amarelas que, depois, ficarão verdes. Após uns sete dias de total brotamento das folhas, transporte o salsão para um vaso com uma boa mistura de terra e com furos para drenar a água. Aliás, para acelga, proceda do mesmo modo que o salsão. Utilize a raiz, a parte que você ia jogar fora, e replante a acelga.

Faça uma horta perene de temperos

Separe uma parte verde da cebolinha mais a parte branca e coloque-as em um copo com água com cerca de 2,5 centímetros do líquido (cubra toda a parte branca). Deixe em um local onde bata sol, trocando a água todos os dias e tenha novas cebolinhas em poucos dias.
Para o manjericão, pegue alguns raminhos, escolhendo os mais bonitos e corte-os com cerca de 10 a 15 centímetros. Retire as folhas da parte de baixo e as flores também, mantendo apenas as folhas da parte superior. Coloque em um copo de vidro com água até a metade e deixe em um local ensolarado trocando a água de dois em dois dias. Quando as raízes atingirem a altura de dois centímetros, replante em um vaso médio ou em algum lugar maior porque o manjericão necessita de sol e espaço para florir o ano todo.  Utilize a mesma técnica para plantar coentro.
A hortelã é plantada da mesma forma que o manjericão e também necessita de um vaso grande depois que for replantado. E lembre-se que a hortelã precisa de solo drenado e de muita água. A terra

tem que estar sempre molhada e deve-se tomar cuidado com o sol forte da tarde.

Alecrim* se comporta no replantio igual ao manjericão e à hortelã. Depois de 2 centímetros de raiz, repasse para um vaso médio com furinhos embaixo para drenar a água e com uma mistura de 2/3 de areia grossa e 1/3 de terra musgo. O alecrim não gosta de muita água, por isso a mistura da composição da terra. Portanto não regue demais e mantenha-o em um local ensolarado.  
*(Essa eu descobri especialmente para o grupo Horta em Casa)

Legumes, raízes, tubérculos

Para quem gosta de cenouras, corte o topo da cenoura, de onde saem as folhagens, aproximadamente

3 centímetros, e coloque em um recipiente com dois dedos de água. Deixe em algum lugar com incidência do sol. Assim que começarem a crescer brotos e raízes na cenoura, transplante para a terra. Regue com frequência. Em poucas semanas as suas próprias cenouras começarão a nascer.

No caso da batata doce, siga o procedimento indicado no artigo “Ora, vá plantar batatas”, deste mesmo blog, ou faça aquele velho experimento da escola, furando a batata com palitos e colocando-a em um jarro com água até a metade. Deixe em um espaço ensolarado e troque a água periodicamente para evitar mofo. Em pouco tempo ela vai começar a criar mudas – plante-as em terra e aguarde. Em aproximadamente 10 meses você terá batatas prontas para consumo. Lembre-se que o melhor tempo de plantio é depois de agosto, até início de novembro.

Bulbos para a sua cozinha e a fruta mais difícil de descascar

Toda vez que descascamos a cebola, a primeira parte que cortamos é o olho, que tem algumas raízes, e que normalmente, descartamos da cebola. Faça a mesma técnica da água que utilizamos no replante da cebolinha. Após aparecerem as raízes, coloque ao sol em um vaso com terra de qualidade.
Da família da cebolinha, o alho-poró brota fácil. Corte a raiz no talo com uns cinco centímetros e

coloque em um copo, não muito fundo, com água. Coloque palitos no alho para que fique apoiado no copo e apenas a parte da raiz fique submersa. Cuide para que a água não evapore. Se for época de baixas temperaturas, você poderá manter o alho-poró na água. Em tempo de calor, você terá que replantar em um vaso com terra preparada após criar raízes.

É bom saber que não precisamos viver em nos trópicos para ter abacaxis fresquinhos à disposição. Por outro lado, precisa ter bastante paciência. Corte a coroa do abacaxi – apare até ver brotos de raiz marrons. Deixe secar por alguns dias e plante. Tenha calma: pode levar mais de três anos para que você tenha suas próprias frutas. Não… Melhor comprar na feira!

2 thoughts on “Compre fresco e replante para sempre!

Deixe seu Comentário Respeitoso

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *