Creme de batatas reconfortante com croutons

Não sei vocês, mas esses dias de isolamento eu tenho sentido uma falta enorme do colo da minha mãe. Talvez por estarmos vivendo uma pandemia em que, além do vírus, temos de lidar com pessoas que ao invés de tranquilizar e nos levar ao fim desse pesadelo, preferem deixar todos loucos e inseguros. E numa hora dessas precisamos da segurança que só nossas mães nos dão.

Sei que estamos todos loucos para sair; voltar a trabalhar; produzir algo de útil, mas vamos nos acalmar. E minha receita é um creme de batatas que minha mãe fazia quando estava frio, ou quando estávamos doentes e tudo o que precisávamos era algo que nos aquecesse por dentro e por fora.

É uma receita bem fácil, barata, e aconselho a fazer os croutons com pão velho, porque ficam mais crocantes. Ah! Essa receita dá para duas porções, portanto, se for fazer para mais pessoas, use mais materiais.

Ingredientes

Três batatas médias

Dois dentes de alho

Uma cebola picada

Sal a gosto

Azeite

Dois pães picados em cubinhos

Salsinha picada

Queijo parmesão ralado

Preparo

Descasque as batata e corte em cubos pequenos. Em uma panela coloque para cozinhar as batatas, a cebola, os dois dentes de alho em água e sal. Depois de cozinhar bem, bata tudo no liquidificador e volte para a panela acrescentando uma colher de azeite, mais um pouco de água. Leve ao fogo para apurar mais um pouco e ganhar cremosidade. Quando ferver, jogue a salsinha, misture bem e desligue o fogo.

Em uma frigideira ponha uma colher de sopa de azeite e leve ao fogo. Coloque os pedacinhos de pão, uma pitada de sal e deixe fritar até o pão ficar tostadinho.

Em pratos fundos, coloque o creme de batata e os croutons por cima. Como gosto de queijo parmesão, coloquei na minha sopa, mas isso é ao gosto do freguês.