Filé de tilápia ao molho de ervas com salada de carambola

Terminando a quaresma sem carne em grande estilo!

Hoje é sexta-feira Santa, e último dia da minha quaresma sem carne vermelha. Primeiramente vou explicar a alguns amigos que são vegetarianos que eu sei que o peixe é carne também no sentido proteico da questão, mas no sentido religioso, peixes não eram objeto de ofertas a Deus no templo. Apenas aves, caprinos, ovinos e bovinos (carnes com sangue), que eram devidamente vasadas de todo o seu conteúdo antes de serem colocadas como oferendas.

Vem daí a ideia de comer pescados durante a semana santa. O bacalhau é uma coisa das origens portuguesas deste país. Como não gosto, uso qualquer outra coisa que tenha sido pescada. Eu prefiro não comer carne durante toda a quaresma, mas essa é apenas uma coisa minha. E durante essa quaresma comi uma quantidade infinita de atum em lata, portanto resolvi encerrar com uma receita TOP CHEF!

Como católica, fui criada para uma semana de jejum e abstinência, mas no atual momento, precisamos de todas as nossas forças para resistir, não apenas ao Covid-19, mas também a toda a maldade que nos cerca.

Vamos à receita desse filé de tilápia!!!

Ingredientes

500 g de tilápia congelada (obrigada Dé, maria e Maithê pelo presente!)

Suco de quatro limões espremidos

Uma colher de sopa de shoyo

Oito dentes de alho picados

Uma cebola média fatiada

Duas colheres de sopa de salsinha picada bem miúda

Uma colher de chá de chimichurri (tempero apimentado)

Duas colheres de manteiga ou margarina sem sal

Sal grosso para temperar

Duas carambolas para a salada

 

Preparo

Em uma assadeira tipo marinex ponha as postas de tilápia salpicando com sal grosso (sem exagero!), o shoyo, parte do alho e cebola. Regue com a maior parte do suco de limão. Cubra com papel alumínio e leve ao forno aquecido a 180° C por uns 30 minutos. Retire o papel alumínio após 25 minutos e deixe dourar o peixe.

Em uma panela, derreta a manteiga e deixe o restante do alho fritar. Quando começar a dourar coloque o suco de limão e o chimichurri, colocando uns grãos de sal. Misture bem para dar uma emulsionada. Desligue o fogo e misture a salsinha.

Corte as carambolas ajeitando no prato (se quiser tempere com sal e limão, mas não é necessário). Ponha o peixe assado e cubra com molho. Hoje eu não quis carboidrato, mas pode ser servido com um arroz branco.

Essa foto foi logo antes de comer esse prato e agradecer a Deus por ter alimentos em minha casa! Neste momento temos que agradecer a cada coisa, mesmo que para alguns pareça pequena ou insignificante.

Boa Páscoa a todos!

Deixe seu Comentário Respeitoso

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *