O Dia da Árvore devia ser todo dia

O Dia da Árvore devia ser todo dia

Uma árvore não é um objeto… é um ser vivo

Estamos em setembro, entrada da primavera no hemisfério Sul, e no Brasil, mês em que se comemora o Dia da Árvore. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de ter árvores plantadas, matas preservadas e mais áreas verdes nas grandes cidades.

Não quero explicar aqui o que é uma árvore, mas vamos dar ao menos uma definição simples:

Árvores são plantas lenhosas de grande porte que, normalmente, apresentam um único tronco e ramos que formam uma copa (aquela parte cheia de folhas).
 

Assim como todas as plantas, as árvores possuem papel essencial na produção de oxigênio.

Por meio da fotossíntese, vegetais, algas e algumas bactérias são capazes de transformar a energia luminosa em química e fixar o carbono em compostos orgânicos.

Durante esse processo, oxigênio é liberado para o meio, e todos respiramos melhor.

Dia 21 de setembro é o Dia da Árvore

Deveríamos estar comemorando.

E sei que a maior parte das cidades está fazendo algum tipo de plantio de mudas, ou deveria estar fazendo.

Entretanto, temos projetos que querem destruir uma grande área de nosso país, e na cidade onde vivo, cada vez mais ouço o som da motosserra cortando árvores sem motivo e nada sendo plantado ou replantado.

Vejo projetos de preservação, como o SOS Mata Atlântica, lutando com todas as forças para preservar o pouco que resta desse bioma.
Mas não vejo nada concreto sendo feito para que nossas cidades fiquem mais habitáveis.

Cobrem das prefeituras a preservação das áreas verdes

Me dá arrepios quando vejo funcionários da ENEL (companhia de eletricidade daqui), fazendo “poda” nas árvores. 
Tenho vontade de gritar que aquilo não é poda, é amputação, mutilação…
Eles conseguem, muitas vezes, matar a pobre planta porque não sabem o que estão fazendo.
Quando foi que esses postes horrorosos e cheios de fios caídos se tornaram prioridade?

Faça sua parte para termos cidades mais bonitas e amigáveis

Mas, caros senhores, uma árvore (ou muitas como eu gostaria), têm diversos papéis na preservação e manutenção da vida.  
As árvores evitam a erosão e melhoram a umidade relativa do ar por intermédio da evapotranspiração.
Também servem de moradia para várias espécies de animais, além de fornecerem alimento para uma grande quantidade de organismos vivos, incluindo o ser mais destrutivo que existe: o homem.

Árvores ajudam no ciclo das águas e atraem chuvas mais amenas para as cidades

Como caminhante que sou, sei a importância de ter árvores perto enquanto estou fazendo meu exercício matinal.
Árvores ajudam a diminuir a temperatura e isso pode ser provado.
Ande em um local asfaltado com um termômetro, veja quantos graus está fazendo no local e depois vá a um local arborizado.
Já constatei diferenças de oito graus Celsius entre um e outro.

Árvores frutíferas dão alimento a aves, pequenos animais e a nós, humanos

E nem vou falar em como as cidades ficam mais bonitas com árvores nelas.
Falando economicamente, as árvores são necessárias a muitos setores, como a construção civil, indústria de móveis, empresas de papel e celulose.
Não podemos esquecer das inúmeras espécies que fornecem os princípios ativos dos nossos medicamentos.
Desse modo, sem me estender mais, espero ter comprovado que precisamos de mais árvores.
Precisamos plantar, replantar, cuidar, preservar.  
E precisamos que isso não seja feito apenas em um dia específico, mas durante todo o ano.
Todos os anos.

Feliz dia da árvore para quem vai plantar.

Obs.: As fotos aqui publicadas são de partes do meu percurso de caminhadas.

, , ,

Uma resposta para “O Dia da Árvore devia ser todo dia”