Problemas de insônia? Pode ser o que você come

Problemas de insônia? Pode ser o que você come

Os benefícios dos alimentos que ajudam a dormir melhor

Antes de mais nada, a alimentação é muito importante no nosso dia a dia, e dormir também.
No caso da alimentação, ela pode alterar o seu humor, a sua saúde, o seu ânimo e outros.
Vivemos numa sociedade com um ritmo acelerado.
Esse problema, aliado a fatores como: ansiedade, barulho, luz e estresse afetam a qualidade do nosso sono.

Curso de sabonete artesanal a preço imperdível!
Aproveite o preço e aprenda a fazer lindos sabonetes artesanais!
Afinal o sono ajuda a manter a mente e o corpo sãos, e a qualidade do descanso é essencial.
Então: a falta de sono enfraquece o sistema imunológico e aumenta o risco de doenças.
Sem descanso, a atividade cerebral diminui e provoca o declínio mental.
Por fim, pessoas com problemas de sono estão sempre cansadas, desatentas.
Elas não conseguem manter o foco.
Este problema tem de ser tratado o quanto antes para não se tornar numa doença grave.

Não leve problemas para a cama

Antes de tomar medicamentos para dormir, verifique se esse não é um problema pontual.
Mude seus hábitos alimentares antes de cair no sono.
Então comece uma atividade física regular e pratique relaxamento.
Não coma ou beba em excesso à noite, para permitir ao seu corpo uma digestão leve.
Comidas leves não aceleram seu metabolismo e seu corpo relaxa.
Evite embutidos (linguiças, salames), chocolate, álcool, cafeína, molho de tomate e comidas apimentadas antes de ir dormir.
Mas, se mesmo com essas dicas os problemas persistirem, consulte um médico especialista.

Um copo de leite morno à noite pode garantir um sono tranquilo.

O leite contém triptofano, precursor da serotonina, que regula o humor e traz aquela sensação de calma.
Esse triptofano ajudará a regular a produção de melatonina, que é responsável pelo sono.

Triptofano é um sonífero natural

As bananas contêm magnésio e potássio, nutrientes que ajudam os músculos a relaxar.
Assim como o leite, bananas contêm triptofano, que forma serotonina e melatonina.
O resultado? Sonolência!
Amêndoas, Linhaça, Aveia são fontes de ômega 3, as chamadas ‘gorduras boas’, e de triptofano.

Esses grãos e sementes ajudam a melhorar o humor, a ansiedade, a irritabilidade e  a depressão.

Também reduzem o colesterol, estimulam a atividade cerebral e fortalecem os ossos.

A linhaça é também um anti-inflamatório natural.

Os ovos são ricos em proteínas, vitamina B12 e colina.
Essas substâncias melhoram os sintomas de depressão e ajudam com a insônia.
Mas o ovo não é o único alimento com esses elementos.
Podemos encontrá-los também no frango, no peru, no queijo, soja e feijão.
Todos sabem que as infusões (aqui chamamos chá) relaxam e acalmam.
A camomila, por exemplo, é uma erva conhecida por isso.
Mas também o capim cidreira, a verbena, a tília e o espinheiro-branco têm propriedades digestivas e calmantes.

Prefira fazer uma infusão concentrada num copo pequeno.

Cereais e arroz integral contêm carboidratos de boa qualidade, que regulam a serotonina e a melatonina.
Então, dietas pobres em carboidratos deixam as pessoas tristes e mal-humoradas.
Portanto, escolha carboidratos simples e evite doces.
Alguns frutos e legumes têm antioxidantes e são essenciais para a saúde física e mental.
Alface, couve, brócolis, cenoura, couve-flor, maçãs, morangos, maracujá etc. ajudam a relaxar.
Isso nos deixa prontos para dormir o sono dos justos.
,