Vôngoles (ameijoas) à Bulhão Pato

Vôngoles (ameijoas) à Bulhão Pato

Ando meio atordoada esses dias, e, por isso, escrevendo e pesquisando menos do que deveria.
Nessas horas em que eu fico meio frustrada com tudo, só consigo pensar em comida.
Por isso, preparem-se leitores, porque vou encher esse blog de receitas.
A de hoje tem o nome de “Ameijoas à Bulhão Pato”.
Bem, já “traduzi” no título o que são ‘ameijoas’ e vou usar o nome “vôngoles”. 
Este é um prato típico da região portuguesa de Estremadura.
O nome do prato é em homenagem ao poeta português ‘Raimundo António de Bulhão Pato’.
Isso porque ele mencionou um cozinheiro nos seus escritos e falou da dita cuja receita.
Prato comum nas tascas portuguesas, os vôngoles à Bulhão Pato são preparados com:
Esses moluscos bivalves, azeite, alho, coentro, sal, pimenta e limão (para temperar antes de servir).
Na receita que vou passar eu coloco vinho branco para dar um sabor extra ao prato, que é uma das maravilhas da gastronomia portuguesa.

Ingredientes

Um kg de vôngoles
Seis dentes de alho

50 ml de azeite
50 ml de vinho branco

Uma pitada de sal e uma de pimenta do reino
Pimentas malaguetas a gosto (sem exagero)
Um ramo pequeno de coentro
Uma colher (sopa) de manteiga
Suco de 1/2 limão

Preparação

Lave os vôngoles e ponha de molho em água fria durante algumas horas.

Descasque e lamine os alhos.

Refogue-os ligeiramente num tacho (os de barro são os melhores) com o azeite quente.

Quando começar a dourar, regue com o vinho branco e junte os vôngoles.

Tempere com sal, pimenta e um pouco de malaguetas picadas (se quiser, tire as sementes para não arder muito).

Ponha os coentros picados e cozinhe com o tacho tapado, até as conchas abrirem.

Retire o tacho do fogo e coloque a manteiga no molho, mexendo até derreter.

Regue com o suco do limão, transfira para uma travessa e decore com coentros.