Zabaione é doce ou é remédio?

Zabaione é doce ou é remédio?

Sei que vai ter gente com inveja quando ler esta postagem.
Antes de mais nada, eu vou explicar:
Quando eu era criança, uma sobremesa italiana como o Zabaione era feita quando estávamos doentes.
Era uma espécie de fortificante que nos davam quando estávamos caidinhos.
Nos dias mais frios, em que eu só penso em comida quentinha, tipo sopa, feijoada e afins, essa é a sobremesa!
Naqueles dias em que nossas imunidades caem perto do zero provocando as gripes e resfriados, é em zabaione que eu penso.

Para quem não conhece, o zabaione é uma sobremesa italiana, muito leve.

É uma gemada quente feita com gemas batidas em ponto de creme, açúcar e vinho Marsala, ou Madeira, em um recipiente colocado em banho-maria.
Há séculos os italianos conhecem o Zabaione.
Para quem acha absurdo uma criança comendo algo que tem álcool na fórmula, vou lembrar que sou da geração do Biotônico.
Aliás o Biotônico perdeu a graça e o poder depois de se livrar do teor alcoólico.
Ah! E como se cozinha, 99% do álcool propriamente dito, vai pelos ares em forma de vapor.
Para quem não conhece, esse creme pode ser degustado sozinho.
Mas também serve de recheio de tortas e bolos ou usado como bem quiser!

Ingredientes

Três gemas
100 g de açúcar
Um cálice de vinho madeira

Preparo

Bata as gemas com o açúcar até obter um creme;
Adicione o vinho;
Cozinhe numa panela em banho-maria, batendo sempre, até engrossar;
Sirva quente ou frio, enfeitando com canela, tiras de cascas de laranja etc.

 

 

, ,

6 respostas para “Zabaione é doce ou é remédio?”

  1. Essas tuas receitas me deixam de água na boca e quem sabe um dia eu me atreva a fazer.
    Abraço e continue adoçando nossa vida com teus ensinamentos.
    Grande Abraço

  2. Ja usei o Isidro, que é aquele vinho de culinária Beto, que você compra no supermercado e também já usei vinho do tipo sangue de boi seco, já que a gemada leva muito açúcar. Deu super certo!